domingo, 28 de setembro de 2014

O ministério das irmãs.

Em várias denominações as irmãs ocupam vários cargos diferentes: diaconisas, obreiras, "levitas", porteiras etc. Tais ministérios para as irmãs não são bíblicos, porém foram adaptados pelas igrejas. Não vou me atentar a isso, mas quero falar do principal ministério das irmãs que hoje raramente vemos. Esse ministério é na área do ensino, na esfera doméstica.

"As mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias no seu viver, como convém a santas, não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras no bem;
Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos,
A serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada."
Tito 2:3-5

A passagem bíblica acima é a única que fala dos deveres das irmãs. Como podemos ver, esse dever é das irmãs mais experientes, mais idosas, e consiste em:

- Ensinar as mulheres mais novas a serem prudentes;
- Ensinar as mulheres mais novas a amarem a seus maridos e filhos;
- Ensinar as mulheres mais novas a serem moderadas e castas;
- Ensinar as mulheres mais novas a serem boas donas de casas e sujeitas a seus maridos;

No entanto, hoje não vemos isso acontecendo. Em qual grupo cristão as mulheres mais com mais experiência se reúnem para fazer isso? Como há uma cultura de pouco conhecimento bíblico, talvez algumas nem saibam que têm esse dever.

Outro fator também que creio é que hoje em dia é cada um na sua. "Ninguém se meta na minha vida". Daí as irmãs ficam impossibilitadas de transmitir seus conhecimentos. E em relação às moças, há um ditado inútil que diz: "Jovem só anda com jovem". Desta forma, as irmãs mais experientes seriam taxadas de "intrometidas".

Termino este post lamentando que hoje as irmãs não realizam seu principal ministério no corpo de Cristo (Igreja), por motivos diversos.


8 comentários:

  1. E como faz falta esse ministério para uma boa base espiritual e familiar.

    ResponderExcluir
  2. É, Mozart, sou novo mas paro pra analisar as coisas e vejo que o problema é sempre base; e para que tal base exista, deveria haver a base do ensino, das mais experientes às mais novas.

    ResponderExcluir
  3. Diaconisa não é bíblico? O que diz de Romanos 16.1 "Recomendo-vos a nossa irmã Febe, diaconisa da igreja de Cencréia".

    Marco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo, qual tradução da Bíblia você usa? Pois nas duas que eu olhei não consta "diaconisa".

      "Recomendo-lhes nossa irmã Febe, serva da igreja em Cencréia.
      Romanos 16:1 (NVI)

      "Recomendo-vos pois Febe, nossa irmã, a qual serve na igreja que está em Cencreia." Romanos 16:1 João Ferreira de Almeida Revista e Corrigida.

      Teríamos de pesquisar qual é a palavra original em grego aí, pois um de nós está cometendo algum equívoco baseado na tradução. Mas até onde sei, principalmente em Atos, elegeram "diáconos" e não me lembro de ter visto alguma diaconisa.

      Excluir
    2. Caro Mateus

      A versão Reina-Valera usa "diaconisa". A versão João Ferreira d'Almeida original diz "Encomendo vos a Phebe, nossa irmaã a qual he ministra da Igreja, que está em Cenchrea."" Depois na revisão de 1898 distorceram.

      Na NIV em Português e na KJV (versão adotada oficialmente pela CCB em inglês) aparece "ou diaconisa" como nota de traducão.
      Marco

      Excluir
    3. É estranho porque em Atos vemos tanto o ministério apostólico quanto as funções de diácono serem dirigidas a homens. Pretendo depois dar uma analisada mais firme no assunto, principalmente em Romanos 16:1.
      Grato pela contribuição, Marco. Continue a visitar o blog. E espero que você tenha compreendido foco desta postagem, na qual faço um lamento sobre o ministério "esquecido" das irmãs.

      Excluir
  4. Vdd, deixam tudo por conta da igreja ensinar, o que deveria começar em casa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Likka, pois é, Igreja começa em casa e não no templo.

      Excluir